Seja bem-vindo a Bamboletras!

A PENA E A ESPADA: DIÁLOGOS COM EDWARD W. SAID

R$42,00
O pensamento político ímpar e a trajetória do ativista Edward Said, um dos intelectuais mais proeminentes do século 20, emergem com simplicidade das cinco entrevistas que compõem esta obra.
Descrição
O pensamento político ímpar e a trajetória do ativista Edward Said, um dos intelectuais mais proeminentes do século 20, emergem com simplicidade das cinco entrevistas que compõem esta obra, concedidas por ele ao jornalista norte-americano David Barsamian entre 1987 e 1993. Os depoimentos desvelam ainda o homem por trás da obra, ao trazerem à tona as ansiedades e angústias de Said acerca das relaçõesentre Israel e Palestina num período crucial da história do conflito entre os dois povos, além de relatos de episódios pessoais comoventes e comentários sobre escritores inevitáveis para ele, como Joseph Conrad, Jane Austin, T. S. Eliot e Albert Camus. Na entrevista “A política e a cultura do exílio palestino”, de 1987, Said detalha sua visão sobre a importância do resgate da cultura palestina, tanto em nível interno quanto externo, para demonstrar a “existência” de um povo que Israel procura negar de modo a continuar justificando indefinidamente a invasão de seus territórios: “A nossa posição é singular porque somos as vítimas das vítimas”. Na segunda entrevista, “Orientalismo revisitado” (1991), Said discute o conceito anacrônico e desvirtuado do Ocidente em relação ao Oriente, particularmente o mundo árabe, tomado como uma única cultura – depravada, indigna, sensual e violenta. Em “Cultura e Orientalismo” (1993), ele comenta seu livro homônimo e nas duas últimas entrevistas – “O acordo entre Israel e a OLP: uma avaliação crítica” (1993) e “Palestina: traição da História” (1994) ele explica como acompanhou e avaliou as negociações que culminaram no Acordo de Oslo (1993), o qual define como uma “capitulação” palestina. Ao longo de toda a obra, aliás, transparece o crescente sentimento de decepção de Said com Yasser Arafat, e são esclarecidas as diferenças políticas entre os dois. O livro ainda inclui textos introdutórios de Arlene Clemensha, Eqbal Ahmad e Nubar Hovsepian, que, assim como as entrevistas, falam do homem que ergueu o intelectual e trazem mais luz ao pensamento de Said, cuja questão, a da Palestina, permanece em aberto após 10 anos de sua morte.
Detalhes do Produto
Autor EDWARD W. SAID & DAVID BARSAMIAN
Tradutor Matheus Correa
Ano de Edição 2013
Editora Unesp
ISBN 9788539304127
Ano 2012
Edição 1
Origem Internacional
Formato Livro
Encadernação Brochura
Idioma Português
País Brasil
Páginas 162
Altura 21cm
Comprimento 14cm
Largura 1cm
Peso 0,220g
Comentários

Queremos saber sua opinião

Produto: A PENA E A ESPADA: DIÁLOGOS COM EDWARD W. SAID

Como você avalia este produto? *

  1 estrela 2 estrelas 3 estrelas 4 estrelas 5 estrelas
Qualidade
Preço
Aprovação
Tags do Produto

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

Carregando...

Sua privacidade

Nós respeitamos muito sua privacidade. O site utiliza cookies e tecnologias semelhantes para oferecer conteúdos e ofertas personalizadas para você. Você pode entender melhor como nós utilizamos cookies em nossa política de privacidade.