Seja bem-vindo a Bamboletras!

O FALCÃO MALTÊS

R$49,90
O falcão maltês, assim como O longo adeus, de Raymond Chandler, está no alto do pódio da lite¬ratura policial. Mais precisamente da chamada literatura noir, como os franceses batizaram lá nos meados do século XX, buscando colocar, digamos, uma estrela a mais no chamado gênero policial. Ou seja, tinha enredo, trama, mistério e... alta literatura.

O leitor tem nas mãos um verdadeiro ban¬quete literário. Sam Spade, detetive particular, assim como Philip Marlowe de Raymond Chan¬dler, é um personagem emblemático do gênero. Homens duros, mas não raro sentimentais, são sobreviventes num mundo onde a hipocrisia se entrelaça com o sonho americano, nos anos 1940 e 1950. Maltratados pelos policiais, eles sabem que, antes de mais nada, tiras não gos¬tam de detetives privados, e, neste livro, Ham¬mett mostra o perfeito descompasso entre o que move tiras e detetives diante da investigação de um crime. Uns servem – pelos menos teorica¬mente – à lei, e os outros obedecem a um cliente que nem sempre representa a mais nobre das causas. Muito pelo contrário, como é o caso da busca frenética pelo legendário falcão maltês, uma antiga estatueta valiosíssima. O detetive Sam Spade é contratado para achar o precioso tesouro e se vê envolvido numa grande encrenca; uma complexa operação que mistura policiais, clientes e bandidos.

Os diálogos perfeitos, os personagens bizar¬ros, o clima de desconfiança, a trama compli¬cada, tudo isso combina ao mesmo tempo o mistério de um brilhante livro policial com as misérias, incertezas e fragilidades da condição humana. Uma obra-prima.
Descrição
O falcão maltês, assim como O longo adeus, de Raymond Chandler, está no alto do pódio da lite¬ratura policial. Mais precisamente da chamada literatura noir, como os franceses batizaram lá nos meados do século XX, buscando colocar, digamos, uma estrela a mais no chamado gênero policial. Ou seja, tinha enredo, trama, mistério e... alta literatura. O leitor tem nas mãos um verdadeiro ban¬quete literário. Sam Spade, detetive particular, assim como Philip Marlowe de Raymond Chan¬dler, é um personagem emblemático do gênero. Homens duros, mas não raro sentimentais, são sobreviventes num mundo onde a hipocrisia se entrelaça com o sonho americano, nos anos 1940 e 1950. Maltratados pelos policiais, eles sabem que, antes de mais nada, tiras não gos¬tam de detetives privados, e, neste livro, Ham¬mett mostra o perfeito descompasso entre o que move tiras e detetives diante da investigação de um crime. Uns servem – pelos menos teorica¬mente – à lei, e os outros obedecem a um cliente que nem sempre representa a mais nobre das causas. Muito pelo contrário, como é o caso da busca frenética pelo legendário falcão maltês, uma antiga estatueta valiosíssima. O detetive Sam Spade é contratado para achar o precioso tesouro e se vê envolvido numa grande encrenca; uma complexa operação que mistura policiais, clientes e bandidos. Os diálogos perfeitos, os personagens bizar¬ros, o clima de desconfiança, a trama compli¬cada, tudo isso combina ao mesmo tempo o mistério de um brilhante livro policial com as misérias, incertezas e fragilidades da condição humana. Uma obra-prima.
Informações Adicionais
Autor DASHIELL HAMMETT
Tradutor Denise Bottmann
Ano de Edição 2021
Editora L&PM
ISBN 9786556661551
Ano 1957
Edição 1
Origem Internacional
Formato Livro
Encadernação Brochura
Idioma Português
País Brasil
Páginas 268
Altura 21cm
Comprimento 14cm
Largura 1,6cm
Peso 0,390g
Comentários

Queremos saber sua opinião

Produto: O FALCÃO MALTÊS

Como você avalia este produto? *

  1 estrela 2 estrelas 3 estrelas 4 estrelas 5 estrelas
Qualidade
Preço
Aprovação
Tags do Produto

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

Carregando...

Sua privacidade

Nós respeitamos muito sua privacidade. O site utiliza cookies e tecnologias semelhantes para oferecer conteúdos e ofertas personalizadas para você. Você pode entender melhor como nós utilizamos cookies em nossa política de privacidade.