Seja bem-vindo a Bamboletras!

POEMAS DE EDUARDO GUIMARÃES

R$30,00
Eduardo Guimaraens é um dos expoentes do Simbolismo no Brasil e este livro foi escrito em 1926, originalmente em francês. A obra, guardada e publicada pela família, foi traduzida pelos poetas Alcy Cheuiche e Livia Petry. A obra tem formato de moleskine, impressa com facsímiles da época. Colorido, o livro tem cantos arredondados.

O poeta deixou para a família muitos materiais, dentre eles uma pasta com folhas amareladas, escritas à mão, com essa seleção de poemas, em francês. A capa tem selo de cera carimbado com a marca da ex-libris desenhada pelo próprio Eduardo. As poemas foram traduzidas por dois poetas gaúchos, Alcy Cheuiche e Livia Petry. E na publicação as traduções constam ao lado de cada fac-símile do poeta. A fonte escolhida pela designer Clô Barcellos, foi a VT Typewriter, imitando letras de uma Remington, máquina de escrever dos anos 1920.

O Simbolismo nasceu na França e tem entre seus precursores e principais seguidores, poetas como Baudelaire, Mallarmé, Verlaine, Rimbaud, entre outros. Este movimento caracteriza-se particularmente por dar á poesia o status de arte total: para os simbolistas a poesia deveria evocar a melodia da música, e também as cores das paletas dos pintores, os cheiros que inundam as cidades e os campos, a textura da pele das crianças, enfim, ser cinestésica e completa. E assim é com a edição de Poemas, de Eduardo Guimaraens.
Descrição
Eduardo Guimaraens é um dos expoentes do Simbolismo no Brasil e este livro foi escrito em 1926, originalmente em francês. A obra, guardada e publicada pela família, foi traduzida pelos poetas Alcy Cheuiche e Livia Petry. A obra tem formato de moleskine, impressa com facsímiles da época. Colorido, o livro tem cantos arredondados. O poeta deixou para a família muitos materiais, dentre eles uma pasta com folhas amareladas, escritas à mão, com essa seleção de poemas, em francês. A capa tem selo de cera carimbado com a marca da ex-libris desenhada pelo próprio Eduardo. As poemas foram traduzidas por dois poetas gaúchos, Alcy Cheuiche e Livia Petry. E na publicação as traduções constam ao lado de cada fac-símile do poeta. A fonte escolhida pela designer Clô Barcellos, foi a VT Typewriter, imitando letras de uma Remington, máquina de escrever dos anos 1920. O Simbolismo nasceu na França e tem entre seus precursores e principais seguidores, poetas como Baudelaire, Mallarmé, Verlaine, Rimbaud, entre outros. Este movimento caracteriza-se particularmente por dar á poesia o status de arte total: para os simbolistas a poesia deveria evocar a melodia da música, e também as cores das paletas dos pintores, os cheiros que inundam as cidades e os campos, a textura da pele das crianças, enfim, ser cinestésica e completa. E assim é com a edição de Poemas, de Eduardo Guimaraens.
Detalhes do Produto
Autor EDUARDO GUIMARÃES
Tradutor Não
Ano de Edição 2018
Editora Libretos
ISBN 9788555490392
Ano 2018
Edição 1
Origem Nacional
Formato Livro
Encadernação Brochura
Idioma Português
País Brasil
Páginas 88
Altura 16cm
Comprimento 12cm
Largura 0,7cm
Peso 0,99g
Comentários

Queremos saber sua opinião

Produto: POEMAS DE EDUARDO GUIMARÃES

Como você avalia este produto? *

  1 estrela 2 estrelas 3 estrelas 4 estrelas 5 estrelas
Qualidade
Preço
Aprovação
Tags do Produto

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

Carregando...

Sua privacidade

Nós respeitamos muito sua privacidade. O site utiliza cookies e tecnologias semelhantes para oferecer conteúdos e ofertas personalizadas para você. Você pode entender melhor como nós utilizamos cookies em nossa política de privacidade.